Célere, do Grupo Movicarga, lança Sistema de Gestão de Fretes

A Célere Intralogística, divisão do Grupo Movicarga especializada na gestão e execução de operações logísticas de alta complexidade, anuncia um novo Sistema de Gestão de Fretes. Voltado para auxiliar o dia a dia de players, em diversos setores, a escolherem a melhor transportadora para o serviço, o sistema compara custos, prazos de entregas e executa a simulação de rotas.

A novidade, disponível para contratação a partir do próximo dia 1º de outubro, também será capaz de realizar a checagem das cobranças de serviços logísticos prestados por fornecedores, com a avaliação virtual de todas as notas fiscais de venda e de frete, correspondente a cada serviço prestado ou contratado. Com isso, o sistema evita custos com pagamentos indevidos ou duplicados de fretes, já que a solução confere eletronicamente a validade de cada nota. Essa funcionalidade é capaz de reduzir de 4% a 5% os custos de frete.

A tecnologia inédita disponibilizada pela Célere provê também suporte às negociações de fretes, ao indicar números concretos, relatórios com o histórico de serviços e permitir a cotação para encomenda de fretes, com potencial de economia avaliado de 4% até 10% nos custos, apenas com essa funcionalidade específica. O Sistema de Gestão de Fretes também é amigável à integração com softwares ERP das transportadoras via Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI, na sigla em inglês), ou seja, com a troca de informações entre os servidores dos prestadores de serviços de carga e seus clientes.

Dessa forma as ocorrências da encomenda logística são monitoradas de ponta a ponta, em 100% do tempo, com a geração de informações consolidadas e classificadas por tipo de situação, com o rastreamento e também o controle do transporte. É possível ainda gerar um ranking de transportadoras por níveis de assertividade de cobrança e cumprimento dos prazos de entrega, gerenciar informações dos fretes com filtros por clientes, localidades do País e também por cada transportadora.

Com o novo sistema, os clientes são capazes ainda de reduzir o headcount diretamente ligado à operação para conferência e checagem das cobranças de transporte. Tudo isso por meio de um sistema que permite flexibilidade e customização, para atender todo e qualquer nicho de atuação.

A solução da Célere será comercializada no sistema de “Ganho Compartilhado”, ou seja, divisão dos ganhos obtidos pelo serviço. O cliente opta pelo custo fixo mensal, para atender uma demanda específica, ou custo variável, medido por documentos de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) ou Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e). É possível ainda seguir um modelo híbrido, que mescla custos variáveis e fixos.